Às vezes não quero chorar, mas o coração não dá outra opção. 😢

Como é triste perceber que estamos sós até mesmo no meio de tanta gente.

Se estou triste é porque tenho motivos e se não quero conversar, é porque é muito difícil explicar.

Não sou pessoa de abaixar os braços, mas há momentos em que a carga simplesmente fica pesada demais.

Quando as decepções surgem umas atrás das outras a tristeza passa a fazer parte da nossa rotina.

Às vezes, o que entristece não é a decepção, mas o orgulho de quem decepciona ao não reconhecer o erro, nem querer mudar seu comportamento.

É normal sentir uma grande tristeza quando quem nos deveria dar alegrias resolve nos decepcionar.

Às vezes pensamos que estamos bem e sorrimos; aí a vida chega e nos bate até chorarmos.

O mais triste é olhar o caminho que percorri e sentir que estou desperdiçando minha vida.

Porque meu coração tem memória, sinto saudade de quem está longe.

O amor também tem um lado triste quando damos mais do que podemos e recebemos menos do que esperávamos.

Cheguei à conclusão que é melhor não acreditar, não confiar, esconder o coração para não sofrer outra decepção.

Mais triste que nos sentirmos perdidos é não sabermos para onde devemos ir.

O problema não são as rasteiras que a vida nos dá, mas quando elas nos fazem cair de tal forma que já não sabemos como nos levantar.

Poucos entendem que por trás de um sorriso às vezes está um coração amargurado.

Pena que o tempo leve tudo menos a tristeza que cresce em mim dia após dia.

Às vezes é através do silêncio que expressamos nossa tristeza.

A tristeza não mata, mas destrói aos poucos.

Não julgue a tristeza que carrego nos ombros, pois você não sabe o que eu passei.

A pior parte de sentir esta tristeza é não ter ninguém com quem dividi-la.